Publicidade.
Publicidade

os escapes comunitários ritualizados não reduziriam Columbine(s) e outros escapes extremos individuais?

O Rito e o Escape

O Rito e o Escape Ultimamente, andava a ficar stressado com os email, a petição, o abaixo assinado e outras actividades de rabo sentado. Já começava a apetecer-me ferir os cibernautas que pretendem passar a limpo o ser humano. Expurgá-lo da sua condição de animal, da sua agressividade, da sua maldade. (Hitler também encontrava uns defeitozinhos nalgumas raças) O ideal era sermos uns seres assépticos sem necessidade de escapes, politicamente correctos, que nunca levantassem a voz, não tivessem maus pensamentos nem metessem o dedo no nariz. Pois era. Stressado e com vontade de ferir. Mas, no fim de semana, fui a duas touradas, uma de praça e uma à corda. Vi animais a externar, vi sangue, suor, vi força bruta, pujança, subtileza, elegância, aflição, alegria, medo... Senti o clamor da vida. Tudo num ritual comunitário. Acompanhado de alguns milhares de humanos. Hoje, não me sinto nada stressado nem me apetece ferir ninguém. PS: “” “” “” “” (um punhado de aspas para os mais susceptíveis polvilharem o texto) Angra do Heroísmo, Julho de 2009 Jorge Bettencourt
8.JUL.2009 Tauromaquia Autor:SDT
Nº Assin./ID:
Chave:
Recordar:
Assinar
Forum DI
Forum Desporto
< Dezembro 2019
DSTQQSS
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
Diário Insular.pt Webmaster: Rui Azevedo r-site.net